⅓ da população mundial está menos propensa a viajar para o Brasil

Publicado em

Pesquisa Global Ipsos identificou o impacto de recentes episódios, como desastres naturais, mudanças políticas e ataques terroristas, nos planos de viagens de cidadãos de 25 países para 30 destinos sugeridos. O resultado não é animador para o Brasil: 33% dos entrevistados afirmaram que perderam o interesse em viajar para o Brasil. Apenas um entre cada 10 entrevistados se mostrou firme no desejo.

Brasileiros não demostram grande interesse em sair do país, segundo pesquisa Ipsos
Brasileiros não demostram grande interesse em sair do país, segundo pesquisa Ipsos

os brasileiros não demostram um grande interesse em sair do país. Questionados se pretendem ou não realizar viagens internacionais, 61% disseram que se tornaram menos propícios contra 12% que demonstraram interesse.

No caso específico dos Estados Unidos, 54% dos entrevistados brasileiros declararam que tem baixo interesse em visitar a terra do presidente Donald Trump. O número é muito próximo com o de dois outros países latino-americanos: os entrevistados de México e Argentina com 51% (o mesmo percentual para ambos) também não desejam ir aos Estados Unidos.

54% dos brasileiros declararam ter baixo interesse em viajar aos Estados Unidos
54% dos brasileiros declararam ter baixo interesse em viajar aos Estados Unidos

Apesar deste resultado, os Estados Unidos são um dos destinos preferidos da população mundial no momento ao lado de países como Itália, Canadá, Austrália e Reino Unido. Indianos (48%) e chineses (36%) são os que mais demonstram interesse em visitar os Estados Unidos. Novamente os indianos (37%) e os chineses (34%) são os mais favoráveis a visitarem o Canadá.

A pesquisa ocorreu em 25 países: África do Sul, Alemanha, Arabia Saudita, Argentina, Austrália, Bélgica, Brasil, Canadá, China, Coréia do Sul, Espanha, Estados Unidos França, Grã-Bretanha, Hungria, Índia, Itália, Japão, México, Peru, Polônia, Rússia, Servia, Suécia e Turquia. Foram entrevistadas 18,05 mil pessoas, sendo adultos de 18 a 64 anos nos Estados Unidos e no Canadá e de 16 e 64 anos nos demais países. A margem de erro é de 3,1%.

Airbus anuncia maior encomenda de sua história

Publicado em

A francesa Airbus, empresa líder mundial na fabricação de aviões comerciais, recebeu neste mês de agosto a maior encomenda de aeronaves em sua história. O pedido de 250 aeronaves da família A230neo partiu da IndiGo, maior companhia aérea da Índia por participação de mercado, em comemoração ao seu 9º aniversário. Em 2011, a companhia foi a primeira da Índia a encomendar o modelo.

O mais novo membro da família de aeronaves incorpora inovações, como motores que proporcionam mais de 15% de economia de combustível desde o primeiro dia de operação, aumentando para 20% até 2020, o equivalente a uma redução de 5 mil toneladas de CO₂ por ano, por aeronave. “O acordo confirma a família A320 como a aeronave preferida para o crescimento dos mais dinâmicos mercados de aviação”, diz John Leahy, executivo-chefe de Operações da Airbus.

A preferência é percebida em números: são mais de 11,8 mil pedidos até o momento, segundo a Airbus, e mais de 6,6 mil aeronaves entregues a 400 clientes e operadoras em todo o mundo.