Em 15 dias, queimadas no Maranhão superam setembro de 2016 e média histórica

Publicado em

É preocupante a situação das queimadas no Maranhão neste mês de setembro de 2017: na primeira quinzena, já foram registrados 6,64 mil focos de incêndios florestais. O número já é mais que o dobro do volume registrado em todo o mês de setembro de 2016, 3,16 mil focos; e também superou a média histórica (1998-2017) para o período, que é de 4,4 mil focos.

Tabagismo causa uma em cada 10 mortes no mundo

Publicado em

Estudo divulgado pela revista científica The Lancet, apontou que o cigarro é responsável por uma em cada 10 mortes no mundo. Apesar de crítica, a situação do Brasil aparece como um bom exemplo nessa estatística: nos últimos 25 anos, a porcentagem de fumantes diários no país despencou de 29% para 12% entre os homens; já entre as mulheres esse número caiu de 19% para 8% dos casos.

Amamentação exclusiva salva 6 milhões de crianças no mundo a cada ano

Publicado em

Leitores do Blog do Maurício Araya são antenados e, com toda certeza, sabem que estamos em pleno Agosto Dourado, campanha que apóia o ato de grande carinho: o aleitamento materno. Por isso, abro espaço a um dado que só reforça a importância da causa: segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a amamentação exclusiva salva cerca de 6 milhões de crianças no mundo a cada ano.

Amamentação exclusiva salva 6 milhões de crianças no mundo a cada ano
Amamentação exclusiva salva 6 milhões de crianças no mundo a cada ano

A neonatologista Ana Lúcia Figueiredo recomenda: o ideal é que o leite materno seja o único alimento da criança até o sexto mês de vida. Até água deve ser evitada durante a fase.

O aleitamento materno, além de garantir o vinculo entre a mãe e o bebê, é importante para muitas coisas: o leite materno protege contra uma série de doenças, porque a mãe passa anticorpos por meio dele; além da qualidade do alimento que ela está dando, que é apropriado para a própria espécie.

Além disso, o leite materno protege também a mulher, porque a mulher que amamenta se protege mais em relação ao câncer de mama.

Muitas outras informações sobre a amamentação podem ser obtidas na página eletrônica do Ministério da Saúde na internet.

Anatel autoriza criação da Linha da Vida, com chamadas gratuitas ao 188

Publicado em

Após os atendimentos praticamente triplicaram, de 3,6 mil por mês para 9,2 mil nos últimos meses, para o Centro de Valorização da Vida (CVV) – organização que presta atendimento voluntário de apoio emocional e de prevenção ao suicídio –, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) autorizou a criação da Linha da Vida, com ligações gratuitas pelo número 188 em todo o país. O ato foi assinado pelo superintendente de Outorga e Recursos à Prestação da Anatel, Vitor Elísio Menezes.

Linha da Vida terá ligações gratuitas para prevenção ao suicídio no Brasil
Linha da Vida terá ligações gratuitas para prevenção ao suicídio no Brasil

A decisão veio após o êxito da experiência-piloto no Rio Grande do Sul. Por meio da experiência, a Anatel verificou o alto impacto no perfil dos atendimentos realizados pelo CVV devido à gratuidade das ligações. Ao realizar uma chamada para o atual número do CVV, 141, o usuário pagava em média R$ 0,07 de um telefone fixo e R$ 0,70 de um móvel por minuto.

Segundo a agência, no período experimental, as chamadas para o CVV, que antes eram 70% originadas de telefones fixos, passaram a ser 90% de aparelhos móveis; e o tempo médio de atendimento se manteve em torno de 20 minutos. Os dados demonstram que a gratuidade do serviço não resultou em aumento de ligações indevidas (trotes, por exemplo).

O ato autoriza o código 188 ao Ministério da Saúde, que estabeleceu convênio com o CVV para o atendimento. A Coordenação Geral de Saúde Mental, Álcool e Outras Drogas do ministério contatou a Anatel em busca de um número de utilidade pública de emergência para suporte à política de redução dos índices de suicídio – assunto colocado em evidência pela série de televisão 13 Reasons Why.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), cerca de um milhão de pessoas morrem todo ano vítimas de suicídio no mundo, sendo que essa é uma das três principais causas de morte de pessoas na faixa de 15 a 44 anos.

A desativação do 141 ocorrerá em até 180 dias a partir da data de publicação do ato da Anatel no Diário Oficial da União.