Desemprego alcança 18 mil trabalhadores no Maranhão

Publicado em

Buscar um novo emprego virou realidade para ao menos 18 mil trabalhadores no Maranhão, em 2016. De janeiro a dezembro, o Estado registrou 18.036 demissões líquidas, segundo nota de mercado de trabalho – que leva em consideração dados do Cadastro Geral de Emprego e Desemprego (Caged), do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) – divulgada esta semana pelo Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos (Imesc). No ano anterior, o desemprego havia alcançado 15 mil trabalhadores.

Segundo o Imesc, o resultado foi influenciado, principalmente, pela contribuição negativa do setor da construção civil, que registrou o fechamento de 12,4 mil vagas em 2016.

Em 2016 foram 12,4 mil fechamentos de vagas na construção civil, que continua sendo o setor com maior número de desligamentos líquidos ao longo do ano. Esse número, em boa medida, é devido ao fato do nível de emprego das obras de infraestrutura, que apresentou queda de 6,8 mil vagas em 2016, não ter mantido o patamar positivo de 2015, que contou com a abertura de 4,3 mil postos de trabalho
Geilson Pestana, economista do Imesc

Somente no mês de dezembro, foram 4,74 mil demissões líquidas, 2,9 mil demissões comparado a 2015.

Em todo o país, o mercado de trabalho formal fechou 1,32 milhão de postos em 2016, o segundo pior registro da série histórica ajustada, iniciada em 2002, perdendo somente para o fechamento líquido de 1,54 milhão em 2015.

Desemprego em São Luís: capital teve 8,6 mil vagas demissões líquidas em 2016

Região Metropolitana de São Luís e os municípios que formam o traçado da Estrada de Ferro Carajás (EFC) foram as que registraram maior número de demissões.

De acordo com a nota do Imesc, entre as cidades com maiores saldos negativos no acumulado de 2016, estão: São Luís (-8,6 mil vagas de emprego) – onde as demissões líquidas sofreram influência, principalmente, da atividade de construção de edifícios e montagem de instalações industriais e de estruturas metálicas –, Açailândia (-3,6 mil), Santa Inês (-820), Paço do Lumiar (-749) e São José de Ribamar (-717).

Já os municípios que mais criaram postos de empregos formais, estão: Imperatriz (477) – sendo o setor de serviços que mais contribuiu para o saldo positivo do emprego formal no município –, Campestre do Maranhão (122), Bacabeira (112), Paulino Neves (112) e Presidente Dutra (110).

Paes 2017 abre inscrições

Publicado em

Foram abertas nesta segunda-feira (25), pela internet, as inscrições para o Processo Seletivo de Acesso à Educação Superior (Paes) 2017 da Universidade Estadual do Maranhão (Uema). O processo de inscrições do Paes 2017 vai até 19 de agosto, e o valor da inscrição é de R$ 85.

O candidato isento do pagamento do valor de inscrição deve, obrigatoriamente, se inscrever no Paes 2017, pelo mesmo endereço eletrônico.

A Uema publicou neste mês o edital com os procedimentos e normas para realização do Paes 2017, com oferta de 4.220 vagas para o primeiro e segundo semestres de 2017 em cursos de graduação.

No Paes 2017, a Uema oferece vagas em quatro novos cursos: filosofia, campus São Luís, com 45 vagas; educação física, campus São João dos Patos, com 40 vagas; ciências contábeis, em Codó, com 40 vagas e; ciências naturais, campus Caxias, com 40 vagas.

Provas do Paes 2017 ocorrem 20 e 21 de novembro (Foto: Divulgação/Uema)
Provas do Paes 2017 ocorrem 20 e 21 de novembro (Foto: Divulgação/Uema)

LEIA O EDITAL nº 99/2016 (UEMA) DO PAES 2017 NA ÍNTEGRA

As provas ocorrem 20 e 21 de novembro de 2016. No primeiro dia, são realizadas as provas com 60 questões objetivas de múltipla escolha, por área de conhecimento, abrangendo os conteúdos programáticos dos componentes curriculares que integram o ensino médio, segundo as diretrizes dos Parâmetros Curriculares Nacionais (PCNs).

No segundo dia, é aplicada prova constituída de 12 questões analítico-discursivas, abrangendo conteúdos programáticos de dois componentes curriculares que integram o ensino médio, específicos por curso, e prova de produção textual (redação), segundo as diretrizes dos PCNs.

O Paes 2017 ocorre em São Luís, Pedreiras, São João dos Patos, Caxias, Timon, Barra do Corda, Imperatriz, Grajaú, Codó, Bacabal, Lago da Pedra, Coelho Neto, Balsas, Zé Doca, Pinheiro, Santa Inês, Itapecuru-Mirim, Presidente Dutra, Açailândia, Colinas e Coroatá.

Paes 2017 abre 4,2 mil vagas

Publicado em

A Universidade Estadual do Maranhão (Uema) publicou o edital com os procedimentos e normas para realização do Processo Seletivo de Acesso à Educação Superior (Paes) 2017, com oferta de 4.220 vagas para o primeiro e segundo semestres de 2017 em cursos de graduação. Nesta edição do Paes, a Uema oferece vagas em quatro novos cursos: filosofia, campus São Luís, com 45 vagas; educação física, campus São João dos Patos, com 40 vagas; ciências contábeis, em Codó, com 40 vagas e; ciências naturais, campus Caxias, com 40 vagas.

Provas do Paes 2017 ocorrem 20 e 21 de novembro (Foto: Divulgação/Uema)
Provas do Paes 2017 ocorrem 20 e 21 de novembro (Foto: Divulgação/Uema)

LEIA O EDITAL nº 99/2016 (UEMA) DO PAES 2017 NA ÍNTEGRA

As inscrições do Paes 2017 ocorrem de 25 de julho a 19 de agosto de 2016, pela internet. O valor da inscrição será de R$ 85. As provas ocorrem 20 e 21 de novembro de 2016.

Leia também:

O Paes 2017 ocorre em São Luís, Pedreiras, São João dos Patos, Caxias, Timon, Barra do Corda,Imperatriz, Grajaú, Codó, Bacabal, Lago da Pedra, Coelho Neto,Balsas, Zé Doca, Pinheiro, Santa Inês, Itapecuru-Mirim, Presidente Dutra, Açailândia, Colinas e Coroatá.

Divulgadas regras do Paes 2016, da Uema

Publicado em

A Universidade Estadual do Maranhão (Uema) divulgou o edital do Processo Seletivo de Acesso à Educação Superior (Paes) de 2016. Nesta edição, as provas vão ser aplicadas em dois dias consecutivos. Serão 3.829 vagas ofertadas em 21 campi da instituição em todo o Maranhão. O período de inscrição começa em 20 de julho e vai até 14 de agosto no endereço eletrônico www.vestibular.uema.br. O valor da inscrição é de R$ 75.

LEIA O EDITAL DO PAES 2016 NA ÍNTEGRA

As provas serão realizadas em novembro, nos dias 8 (domingo) e 9 (segunda-feira), no horário das 13h às 18h, nos campi da Uema em São Luís, Caxias, Imperatriz, Bacabal, Balsas, Santa Inês, Açailândia, Pedreiras, Timon, Grajaú, Lago da Pedra, Zé Doca, Itapecuru-Mirim, Colinas, Pinheiro, Presidente Dutra, São João dos Patos, Coelho Neto, Barra do Corda, Codó e Coroatá.

Provas
No primeiro dia, as provas terão 60 questões de múltipla escolha, sendo 20 de linguagem, códigos e suas tecnologias, 20 de ciências humanas e suas tecnologias e 20 de matemática e ciências da natureza e suas tecnologias.

No segundo dia, serão aplicadas as provas analítico-discursivas de dois componentes curriculares específicos por curso, com 12 questões, sendo seis para cada componente, além da produção textual.

Resultado
O resultado do vestibular da Uema será divulgado na primeira quinzena de janeiro de 2016.